Pedro Oliveira

O Boletim Epidemiológico divulgado recentemente pela Secretaria de Saúde da Bahia - SESAB detectou a existência da nova variante do Covid-19, em três municípios da região sisaleira: Araci, Santaluz e Serrinha.

Nos últimos 60 dias, mais de 100 pessoas perderam a batalha para o vírus nesta parte do estado. Agora os indicadores ultrapassam a casa de 530 mortes. Até 31 de março esses números eram de 427 óbitos.

Com a flexibilização das medidas restritivas adotada pelos municípios, grande parte da população sisaleira, parece desconhecer a letalidade da doença, achando que estão imunes das novas variante do Covid-19.

No mês de maio, o LACEN informou através da Secretaria de Saúde da Bahia - SESAB, a existência de variantes agressivas em cerca de 90 municípios, sendo oito cepas e três variantes que são apontadas perigosíssimas pelo Ministério da Saúde: A P1 de Manaus, A P2 do Rio de Janeiro e a B.1.1.7 do Reino Unido.

A maior taxa de letalidades do Covid-19 por habitantes está no município de Nordestina que tem uma população de 13 mil habitantes. Para cada 541 moradores, um não resistiu à doença. Até 6 de março a comunidade registrava 6 óbitos, hoje são 24, com seis casos ativos e dois pacientes transferidos. 671 já testaram positivos. Nesta sexta-feira (4), inicia a segunda etapa de vacinação e 4.184 pessoas já foram imunizadas na comunidade.    

Ao promover aglomeração no último fim de semana, um Pit Stop que vinha funcionando de forma irregular (sem alvará) nas dependências do Auto Posto R2, as margens da BA-120, na cidade de Queimadas, teve o estabelecimento interditado e multado em R$ 500,00 -, pela prefeitura, por descumprir o decreto municipal 172/2021 que impõe medidas restritivas no combate ao Covid-19. Com 27 mil habitantes, a comunidade tem um óbito para cada 1.000 moradores, ou seja: 27 vítimas fatais. A localidade registra ainda, 14 casos ativos, um paciente transferido e 5.657 pessoas vacinadas. 

Os municípios com maior número de letalidade e de casos ativos na região sisaleira, são: Serrinha, 80 óbitos e 81 casos ativos; Araci 45 mortes e 67 ativos; Conceição do Coité com 41 óbitos e 30 ativos e três hospitalizados em outros municípios; Riachão do Jacuípe, 38 mortes e 11 ativos; Santaluz, 36 óbitos, 94 ativos e 7 internados; Cansanção, 31 mortes e 26 ativos; Queimadas, 27 óbitos e 18 ativos; Nordestina, 24 mortes e 4 ativos; Itiuba, 38 mortes, 22 ativos e 2 internados;  Valente, 24 óbitos, 27 ativos e 5 internados; Capela do Alto Alegre, 15 mortes; Monte Santo, 35 óbitos, 147 ativos e 2 internados no município;  Quijingue, 14 mortes e 21 ativos; Barrocas, 19 óbitos; Retirolândia, 13 óbitos, 38 ativos e 1 internado; São Domingos, 8 mortes, 8 ativos e 1 internado.

Colunas anteriores
Ver mais notícias desta seção: mais recentes · mais antigas