Pedro Oliveira

O ex-prefeito de Caravelas (2005/2008), Neuvaldo David de Oliveira, o “Davi da Caixa” ou “Davi do Povão”, candidato ao executivo do município este ano é acusado de fomentar notícias falsas contra o atual prefeito e candidato à reeleição Silvio Ramalho no intuito de prejudicá-lo.

No dia 9 deste mês, Abílio Marques Neves Junior, ex-funcionário do acusado, compareceu à Delegacia de Policia de Teixeira de Freitas, onde registrou que foi procurado por Davi do Povão propondo-lhe que “atraísse meninas, mediante pagamento, para darem depoimento relativo a suposto assédio sexual e estupro cometido por Silvo Ramalho”.

Abílio diz que isso ocorreu no dia 29 de setembro, por volta das 14 horas em um restaurante em Teixeira de Freitas. Além da acusação formal Abílio apresentou vídeo e conversa telefônica, onde o ex-prefeito faz a proposta que ele rejeitou. Todavia segundo Abílio mesmo assim “algumas mulheres fizeram boletim de ocorrência em desfavor de Silvio Ramalho, acusando-o de assedio sexual”.

No vídeo apresentado, David do Povão, afirma que “grupos de evangélicos e de pessoas de bem estão reunidos em Caravelas para discutir os assédios morais e sexuais do prefeito em Caravelas”, que ele acusa de psicopata.


David da Caixa

Diz ainda que “pessoas de dentro da igreja e defensores dos bons costumes fingem não acreditar só porque estão ganhando um troco”. Abílio chega a acertar tudo com o ex-prefeito, mas apenas para ter provas contra ele, segundo afirma.

Colunas anteriores
Ver mais notícias desta seção: mais recentes · mais antigas